Missa em Barcelona lembra vítimas do acidente aéreo na França

Por - Categoria -- > Notícias

Há pouco mais de um mês, 150 pessoas morreram na queda do avião da companhia alemã Germanwings, nos Alpes franceses

Rádio Vaticano

Uma Missa celebrada nesta segunda-feira, 27, na Basílica da Sagrada Família, em Barcelona, na Espanha, recordou os 150 passageiros mortos na queda do avião 4U-9545 da Germanwings nos Alpes franceses, em 24 de março. A Missa foi presidida pelo arcebispo de Barcelona, Cardeal Lluís Martínez Sistach.

Além dos familiares e amigos das vítimas, também o Rei da Espanha, Felipe VI, a Rainha Letizia e o Primeiro-Ministro espanhol, Mariano Rajoy, participaram das cerimônias, junto a outras 1.500 pessoas. Também os presidentes da Lufthansa, Carsten Spohr, e da Germanwings, Thomas Winkelmann, tomaram parte na celebração em Barcelona, cidade de onde o Airbus A320 decolou com destino a Düsseldorf.

Alunos de uma escola em Llinars Del Vallès, que conviveram durante uma semana com 16 estudantes alemães que morreram na queda do avião, acenderam 150 velas em homenagem a cada um dos mortos. A celebração reuniu protestantes, judeus e muçulmanos.

No dia 17 de abril, um culto ecumênico na Catedral de Colônia havia homenageado os 150 mortos da tragédia. A cerimônia teve as presenças do Presidente alemão, Joachim Gauck, da Chanceler alemã, Angela Merkel, além de autoridades espanholas, francesas e familiares das vítimas.

O avião da Germanwings caiu na região de Alpes-de-Haute-Provence, nos Alpes franceses, menos de uma hora após deixar o aeroporto de Barcelona. Não houve sobreviventes. Investigações indicam que o copiloto de 27 anos derrubou de propósito o Airbus, aproveitando um momento em que o piloto se ausentou da cabine de comando.

DEIXE SEU COMENTÁRIO