Vocacionado eu?

Por - Categoria -- > Destaques, Palavra Vocacional

“Você tem cara de vocacionado!” “Aquele rapaz tem cara de vocacionado!” Como é comum, em nossas comunidades ouvirmos estas frases! E por tanto ouvirmos isto, corre-se o risco de acreditar nesta nefasta ideia vocacional. É como se somente alguns, os “puros” e “separados”, fossem vocacionados. Ou talvez, o “ser vocacionado”, fosse um título que se atribuísse a determinada condição eclesial.

Caro jovem, primeira grande e bela verdade: você e eu, todos nós, somos vocacionados. “Como assim?” Pode se perguntar!

Por misericórdia e amor infinito de Deus, nós viemos a vida, puro dom! Eis o primeiro chamado, ou seja, nossa primeira vocação (Em latim – vocare: chamado). Sou chamado à vida! Que maravilha assumirmos este nosso chamado! Assumir com alegria minha vocação à vida.

E não para por ai, caro jovem!

Somos batizados! Somos filhos de Deus! E dentro do meu coração, Deus colocou um desejo maior, mais sublime: “eu nasci para se santo, para buscar a santidade”. Eis o grande chamado: a ser santo. “Sou vocacionado a ser santo!”.

Por isso, tenha muito orgulho em afirmar: “sou vocacionado! Quero assumir minha vocação a cada dia”.

Somente depois disto, tendo um coração grato por ser vocacionado à vida e buscando responder minha vocação à santidade, a cada dia, é que consigo perguntar para o Senhor: “Senhor, o que queres de mim?” Aí começa este belo caminho de discernimento e encontro. Mas, assumindo sempre: “Obrigado Senhor, pela minha vocação”.

Vocacionado? Eu?

Graças a Deus!

Até breve!

Por: Pe. Elias Aparecido da Silva
Formador Seminário Diocesano São José e coordenador Pastoral Vocacional -Diocese de Uruaçu (GO)
peeliassilva@outlook.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO